quarta-feira, dezembro 06, 2006

Faço o que gosto...

Pois é desta vez o meu post vem tarde e a estas horas... São 8h39 da manhã, estou de directa e com sono, mas nada como um capuccino para abrir os olhos. Em tempos noitadas como esta fariam de mim a pessoa mais impossível de aturar e eu seria o primeiro a vitimizar-me deste "mal terrível" que me estava a acontecer. Porém neste momento acho que estou na flor da idade para dar o meu máximo pela minha profissão e realização profissional. Gosto do que faço, alias, adoro o que faço, para mim criar é um privilégio, é uma capacidade à qual eu dou o maior valor. Já lá vão os tempos em que era fácil fazer fortuna, e pensar numa estrutura de vida com continuidade para uma família que criariamos. Hoje os tempos são difíceis e nem estas directas me dão mais dinheiro pelo esforço que faço. Mas sinto-me vivo, orgulhoso do meu trabalho, do meu empenho, da minha capacidade de ultrapassar limites que pensei ter. Um dia serei recompensado? só o tempo o dirá, mas sem dúvida que se não tentar nunca lá chegarei... e eu acredito. Para mim esta fase de trabalho intenso afasta-me de preocupações, problemas emocionais que tento combater no meu dia à dia... A vida tem-me posto à prova e eu tenho tentado estar à altura, estou pronto para mais desafios vindouros. No que é que isto me poderá levar? eu não sei mas também só o vou saber se continuar. Sinto o tempo a passar e tenho medo de objectivos não cumpridos, quero vencer na vida, tenho ambição e procuro cada vez mais qualidade e não quantidade de momentos de êxtase. Mais uma vez o trabalho faz-nos cair numa rotina, e por vezes pondero se será mesmo este o caminho, mas não há formulas de verdade absoluta por isso vou continuar a seguir os meus instintos. Este texto para muitos não quer dizer nada, para mim é simplesmente um libertar de pensamentos em cadeia que me apeteceu partilhar... tenho sono :P

4 Comments:

Anonymous Mona Lisa said...

Que coincidência!! Esta noite também fiz directa, tive a estudar para um exame que tive esta manhã. E por incrivél que pareça também despertei com um capuccino!!
Gostei de ler o teu post matinal, identifico-me muito com o que escreves e provavelmente, se tivesse um blog, escreveria, "mais linha menos palavra", o mesmo que tu.
A vida não são só sacrificios. De uma forma ou de outra, mais cedo ou mais tarde, somos recompensados pelo nosso esforço e dedicação. É preciso é pensar positivo e não desistir dos nossos sonhos e ambições.
Eu continuo a lutar...
Beijinhos

quarta dez 06, 02:58:00 da tarde 2006  
Anonymous tovan said...

Fizeste bem em desabafar e em desembuchar tudo isso..se queres q te diga tudo o q escreveste faz muito sentido pelo menos para mim ,portanto o conselho de amigo q te dou 'e para seguires em frente q um dia todo este trabalho vai compensar e se isso nao acontecer pelo menos sabes q tentaste....os "losers" sao aqueles q tem medo de lutar e ir em frente com os seus objectivos,caso nao tenhas sucesso nao te precisas de preocupar pq pelo menos seguiste em frente e tentaste atingir os teus goals.
grande abraco
Tovan

quinta dez 07, 01:38:00 da manhã 2006  
Anonymous francis said...

obrigado amigos pela força, temos de tentar, pelo menos nunca nos vamos culpabilizar de "podia ter sido assim....". Abraços

quinta dez 07, 12:12:00 da tarde 2006  
Anonymous filipefalcao said...

one day after another... os objectivos tem é de ser previamente defenidos pelos menos aqueles que sabes que dependem do teu esforço e dedicação e esses tem mesmo de cumprir contigo próprio... quanto ao "resto" que ás vezes acaba por ser tudo... one day after another .... tb verãs que chegará um dia que alguma coisa acabou por acontecer... keep it cool ...

sexta dez 08, 06:59:00 da tarde 2006  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home